Carta Aberta aos Farmacêuticos, Órgãos Públicos e Privados de Saúde

Em reforço à importância do trabalho dos profissionais farmacêuticos e legitimação das atribuições desses profissionais junto à população e a Saúde Pública, a Presidente do Conselho Regional de Farmácia do Rio de Janeiro assina Carta Aberta destinada aos Farmacêuticos, Órgãos Públicos e Privados de Saúde. No documento, a Diretora explica a importância de atribuições como a Prescrição Farmacêutica, bem como as áreas de atuação que representam especialidades farmacêuticas - a exemplo da Fitoterapia e Homeopatia.

Para acessar a Carta Aberta na íntegra, basta clicar aqui.